breadcrumbs
  1. Home
  2. Segurança
  3. Future Mobility

Como podemos minimizar a resistência ao rolamento sem perder a aderência?

15 por cento                                               
O percurso de frenagem do nosso ContiPremiumContact 5 diminui em comparação com o modelo antecessor em até 15 por cento em pistas molhadas. Ele combina baixa resistência ao rolamento, alto desempenho e manipulação precisa com confortável característica de condução.   

Distância de frenagem, velocidade das curvas, aceleração, distribuição de força, peso bruto permitido – uma área do tamanho de um cartão postal é decisiva para a dirigibilidade. A área de contato do pneu é o único contato com a estrada e transfere todas as forças do veículo. Isso faz dos pneus um dos componentes mais importantes.

O maior desafio é garantir curtas distâncias de frenagem e alta aderência máxima segurança e ao mesmo tempo reduzir o consumo de combustível com menor resistência ao rolamento. É exatamente nisso que os especialistas da nossa divisão de pneus trabalham todos os dias.

Como a borracha pode ajudar a economizar combustível?

Desde 2002, conseguimos reduzir em oito por cento a resistência ao rolamento de várias linhas de pneus de caminhão e reboque. Isso reduz o consumo de diesel em uma quilometragem de 150.000 quilômetros por ano para 1.600 litros.

Para pneus de carro, atingimos uma redução de um terço na resistência ao rolamento. Ao mesmo tempo, as características de segurança do pneu foram consideravelmente melhoradas.

Nós resolvemos os conflitos físicos existentes no desenvolvimento de pneus com as novas tecnologias gradativamente em um nível muito mais elevado.

Como fechar o círculo na produção de pneus?

No fim de 2013, começa a operar a fábrica da ContiLifeCycle em Hannover. Através da integração de recauchutagem de pneus de caminhão e reciclagem de borracha, nós somos capazes de fechar o ciclo de vida do pneu – uma novidade mundial. Utilizando o novo método, a quantidade de material reciclado em pneus novos pode ser quase duplicada.

Como podemos testar novos pneus com mais exatidão e independentemente do tempo?

A fim de proporcionar as características de pneus ideais para cada veículo, é necessário perfeitas condições de teste. Para isso, colocamos em operação em 2013 a primeira planta de teste de pneus do mundo totalmente automatizada e independente das condições climáticas. Em nosso terreno de testes Contidrom, um longo corredor de 300 metros acomoda pistas hidráulicos intercambiáveis com diferentes pavimentos. Com diferentes condições climáticas simuladas, os veículos de teste sem motoristas podem ser acelerados em apenas 100 metros até 120 km/h. Em seguida, ocorrem as manobras de frenagem por um robô de frenagem – sempre forte, preciso e com regulação por ABS. Até 100.000 frenagens por ano nos fornecem uma grande quantidade de dados de extrema precisão.

Como deve ser um pneu individualmente?

Desde que fabricamos pneus para caminhões, ou seja, há cerca de 90 anos, o cliente é o centro da mentalidade empreendedora para a área de pneus para veículos comerciais. Para ele, estamos sempre reinventando pneus. Isso significa menor consumo de combustível para a transportadora na estrada, mais conforto e segurança para os passageiros no ônibus, mais estabilidade em veículos de elevação para os operadores portuários e pneus robustos para empreiteiros, que nem paus e pedras conseguem prejudicar. Nossos clientes trabalham em condições difíceis. Nós garantimos o pneu correto. Com a melhor economia.

6 divisões de negócios
Pneus originais para carros de passeio
Pneus originais para o mercado de peças de reposição EMEA (Europa, Oriente Médio e África)
Pneus Originais para o mercado de peças de reposição "As Américas" (do Norte, Central e do Sul)
Pneus Originais para o mercado de peças de reposição APAC (Região Ásia-Pacífico)
Pneus para veículos comerciais
Pneus para veículos de duas rodas