breadcrumbs
  1. Home
  2. Comunicados de Imprensa
  3. ano fiscal de 2014

Continental confirma bons resultados e mantém margem de EBIT ajustado seguramente acima de 11%, conforme anunciado

Jan 12, 2015

  • Fornecedora da indústria automobilística divulga números chaves preliminares para o ano fiscal de 2014
  • Apesar dos efeitos negativos do câmbio, faturamento aumenta para cerca de 34,5 bilhões de euros
  • Panorama 2015: perspectiva de incremento de receita em torno de 5%

Hannover, 12 de janeiro de 2015. Apesar do visível enfraquecimento do mercado europeu de pneus sobressalentes no quarto trimestre do ano fiscal de 2014, o Grupo Continental atingiu com segurança uma margem de mais de 11 por cento no resultado operacional ajustado (EBIT ajustado). A receita da fornecedora automobilística, fabricante de pneus e parceira da indústria internacional cresceu cerca de 34,5 bilhões de euros em relação ao ano anterior. Efeitos da flutuação de câmbio de quase 500 milhões de euros afetaram esse resultado negativamente.

“De modo geral, conseguimos manter o curso consistente de sucesso no ano passado, apesar do fraco crescimento na Europa, Rússia e América do Sul. Isso foi possível, embora as movimentações do mercado já volátil fossem incertas, ainda mais pelas flutuações às vezes significativas nas taxas de câmbio ou mais recentemente pela queda no preço do petróleo. O EBIT ajustado no montante de mais de 3,8 bilhões de euros é mais uma prova do excelente desempenho novamente demonstrado por nossos cerca de 190.000 funcionários”, disse  na segunda-feira o Presidente do Conselho Administrativo da Continental, Dr. Elmar Degenhart, durante o anúncio dos números chaves preliminares no Motorshow em Detroit, EUA.

“Para 2015, esperamos novamente um leve aumento na produção mundial de automóveis de pequeno porte (até seis toneladas), de cerca de 87 milhões para em torno de 89 milhões de veículos. Portanto, almejamos um aumento nos lucros de aproximadamente 5 por cento, para mais de 36 bilhões de euros. Com isso, queremos assegurar mais uma vez nossa margem de EBIT (ajustado) de dois dígitos”, completou Degenhart, indicando ao mesmo tempo que os efeitos de consolidação da compra da Veyance não estão considerados nessa projeção.

A Continental apresentará seus resultados financeiros preliminares em 5 de março de 2015, no âmbito da primeira conferência de imprensa virtual sobre finanças.