breadcrumbs
  1. Início
  2. Comunicados de Imprensa
  3. ano fiscal de 2014

Continental prossegue caminho de sucesso e mantém a margem de EBIT ajustado, de forma segura, acima dos 11%, conforme anunciado

Jan 12, 2015

  • O fornecedor de componentes para automóveis divulga os indicadores de referência provisórios do ano fiscal de 2014
  • Apesar dos impactos negativos da taxa de câmbio, o volume de vendas cresce para cerca de 34,5 mil milhões de euros
  • Perspetiva para 2015: conseguir aumentar o volume de vendas em cerca de 5%

Hannover, 12 de janeiro de 2015. No ano fiscal de 2014, o grupo Continental atingiu, de forma segura, uma margem superior a 11% no resultado operacional ajustado (EBIT ajustado), apesar da pronunciada debilidade do mercado europeu de pneus sobresselentes no quarto trimestre. O volume de vendas do fornecedor de componentes para automóveis, fabricante de pneus e parceiro industrial internacional aumentou, em comparação com o ano anterior, para cerca de 34,5 mil milhões de euros. Para tal contribuíram negativamente os impactos da taxa de câmbio de cerca de 500 milhões de euros.

"Contudo, no ano passado continuámos o nosso percurso para o sucesso de forma consistente, apesar do fraco crescimento na Europa, na Rússia e na América do Sul. Isto sucedeu à revelia dos eventos do mercado, de si já voláteis, se terem tornado ainda mais incertos com as flutuações por vezes significativas nas taxas de câmbio ou, como recentemente, com a queda do preço do petróleo. Acima de tudo, o EBIT ajustado superior a 3,8 mil milhões de euros é uma prova do excelente desempenho mais uma vez demonstrado pelos cerca de 190 000 colaboradores." afirmou o Presidente do Conselho Administrativo da Continental, Dr. Elmar Degenhart, na segunda-feira, por ocasião da divulgação dos indicadores de referência provisórios, durante o Salão Automóvel de Detroit nos EUA.

"Em 2015, esperamos novamente um ligeiro aumento da produção mundial de veículos ligeiros com um peso total até seis toneladas de cerca de 87 milhões de veículos para cerca de 89 milhões. Por isso, ambicionamos obter um aumento do volume de vendas de cerca de 5%, atingindo mais de 36 mil milhões de euros. Para tal, queremos confirmar mais uma vez, de forma mais segura, a nossa margem de EBIT (ajustado) de dois dígitos", acrescentou Degenhart, destacando, ao mesmo tempo, que os efeitos de consolidação da aquisição da Veyance não estão incluídos nesta perspetiva.A Continental apresentará os resultados financeiros provisórios a 5 de março de 2015 no âmbito da primeira conferência de imprensa financeira totalmente virtual.